Instagram: Concorrência com TikTok faz o app priorizar vídeos

Mudanças no Instagram por conta do Tiktok

No final de julho de 2021, o CEO do Instagram, Adam Mosseri, revelou em sua conta do X (antigo Twitter) mudanças significativas no aplicativo do Instagram. De acordo com ele, o Instagram não é mais uma rede social de compartilhamento de fotos, mas sim de produção de conteúdos audiovisuais, entretenimento, compras e mensagens.

A drástica transformação anunciada pelo CEO do Instagram, se deve, em boa parte, à concorrência com os aplicativos de vídeos curtos, como TikTok e YouTube, que nos últimos tempos vêm aprimorando diversas funcionalidades em suas plataformas. Adicionalmente, empresas e marcas devem estar atentas a essas mudanças, já que o modo como anunciamos, vendemos e comunicamos com os usuários do site irá sofrer alterações.

A Concorrência com o TikTok e a Sociedade Imediatista

Uma mudança significativa no Instagram foi desencadeada pelo crescimento exponencial de usuários no TikTok e pelas constantes atualizações no YouTube. Desde sua fundação em 2010, o Instagram acumulou cerca de 1,2 bilhão de seguidores. Por outro lado, o TikTok, lançado em 2016 e experimentando um notável crescimento em 2020, já conta com mais de 700 milhões de usuários.

Esse grande movimento de usuários ocorreu devido à popularidade dos vídeos curtos, os quais são facilmente consumidos. Em uma sociedade marcada pela ansiedade e imediatismo, dedicar 2 minutos a um único vídeo é considerado um desperdício de tempo. A brevidade de um vídeo de 30 segundos proporciona uma satisfação rápida, semelhante ao efeito que certas substâncias causam em dependentes químicos. No entanto, é inegável que, para permanecer relevante no mercado capitalista, as empresas devem acompanhar as mudanças sociais. Esse movimento foi o que gerou desconforto para o Instagram, levando seus diretores a reavaliarem as funcionalidades, algoritmos e demandar emergentes do mercado.

“Vamos ser honestos. Há uma competição realmente séria no momento. TikTok é gigante, YouTube é ainda mais, e também há outras crescendo. As pessoas estão indo para o Instagram para serem entretidas. Há uma competição dura e há mais a fazer, então abraçamos isso. E isso significa mudanças”, essas foram palavras de Mosseri sobre a situação atual.

Não é novidade que o Instagram está bem atento às mudanças e novas demandas do mercado, observando o comportamento dos consumidores e usuários, entendendo o que as pessoas querem ver, além de investir bastante em tecnologia para competir cada vez mais com seus concorrentes.

Quais serão as mudanças do Instagram?

De acordo com o CEO do Instagram, a nova atualização que estará disponível ainda em 2021 será a mais importante do aplicativo até hoje, fazendo com que os usuários possam desfrutar de funcionalidades inovadores.

Em sua publicação nas redes do Twitter e de acordo com o Jornal The New York Times, serão disponibilizados para os usuários do Instagram, selos de monetização de lives, possibilidade de publicação de posts pelo notebook, stories para fãs por assinaturas, tag de compras pelos stories, reels e feed, pesquisa visual, função de avanço nos áudios do direct, se assemelhando ao WhatsApp, além de novas cores para o plano de fundo dos stories.

Em suma, o cenário das redes sociais está em constante evolução, impulsionado pela concorrência entre plataformas e pelas mudanças nas preferências dos usuários. O Instagram está demonstrando seu compromisso em permanecer relevante e atrativo em um mercado altamente competitivo. Portanto, é evidente que mudanças como essas continuarão a acontecer. Até onde vamos?

Deixe um comentário
Categorias
Sobre a DnA

A DnA – DESIGN ‘N’ ANIMATION é uma agência digital e produtora de conteúdo audiovisual que trabalha no desenvolvimento de vídeos, branding e marketing digital.

Siga nossas redes
Posts Recentes